Logomarca

  • Facebook
  • Twitter
  • RSS
  • Agora é Lei Aplicativo

Notícias

17/10/2011

Planos odontológicos


São diversos os problemas dentários que uma pessoa pode apresentar ao longo da vida. E isto sem contar com os ortodônticos, que necessitam do uso de aparelho para a correção de problemas como dentes mal posicionados, mordidas cruzadas e tantos outros. Assim, o consumidor, ao optar por um tratamento dentário, deve ter cautela para não sentir no bolso o resultado do serviço e prestar muita atenção aos anúncios de tratamento dentário.plano

O Procon-PR tem registrado atendimentos na área de odontologia, relativos à publicidade abusiva, má prestação de serviços, cancelamento de contrato, falta de informação sobre os procedimentos, descumprimento da oferta contratual e publicitária e dificuldades na devolução de cheques emitidos para pagamento, em casos de cancelamento de contrato.

Para evitar preocupações, a recomendação é dar preferência a empresas ou profissionais cujos serviços tenham sido utilizados por amigos, o que pode dar mais confiabilidade e segurança.

Outra orientação é verificar se a empresa tem reclamações no Procon-PR, o que pode ser feito pelo portal www.procon.pr.gov.br , no link “Cadastro de Fornecedores com Reclamação”.

A coordenadora Claudia Silvano relembra o caso da Imbra, uma das maiores empresas de tratamento odontológico do país, que tinha um forte apelo publicitário, mas que fechou suas portas por motivo de falência, deixando os consumidores no prejuízo, em razão de pagamento realizado com cheques pré-datados para tratamentos não concluídos e não realizados pela empresa.

Contrato

Antes de assinar o contrato, faça comparações quanto ao custo beneficio com outros profissionais. Depois, é preciso ler com atenção o documento antes de assiná-lo. Se o consumidor tiver com alguma dúvida, ou as informações não estiverem claras, a orientação é que o leve para casa e faça uma análise detalhada. Se não entender alguma clausula, deve-se pedir ajuda a uma pessoa de confiança e, em caso de dúvida, não assine.
Um alerta é para que o pagamento não seja realizado todo de uma vez, ou com cheques pré-datados. “O ideal é pagar na medida que os procedimentos forem sendo realizados”, explica Claudia. “Quanto aos pré-datados, estes são, na maioria das vezes, repassados a terceiros e no caso de algum problema será muito difícil reavê-los. Vale solicitar à empresa uma “carta de anuência” que possibilita o cancelamento do cheque por parte do consumidor, mas a empresa para a qual foi repassado poderá descontá-lo”. argumentou.

Ela lembra que os cartões de crédito também são muito utilizados para o pagamento, porém enfatiza que o consumidor deve ter o cuidado de não pagar só valor minimo, pois os juros são altos e o tratamento dentário pode ficar mais caro do que o orçado.

Em caso de problemas, o consumidor deve contatar em primeiro lugar o prestador de serviços. Caso não haja solução, procurar o Procon-PR, pelo telefone 0800-41-1512, ou pessoalmente, rua Presidente Faria, 431- Edifício São Braz, Centro, Curitiba, ou o Procon de seu município.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.