Logomarca

  • Facebook
  • Twitter
  • RSS
  • Agora é Lei Aplicativo
  • Convite evento Paraná Cidadão

Análise dos Dados dos Atendimentos 1998

O PROCON/PR atendeu, em 1998, a 67.362 consumidores. Comparando o total de atendimentos de 1998 com os do ano anterior, que foi de 60.093 pessoas atendidas e registradas no sistema informatizado do órgão, houve um crescimento de 12%, em relação ao ano anterior.

Os 67.362 registros estão assim distribuídos por forma de atendimento e respectivos percentuais em relação ao total:
 

13.324

         pessoalmente

19,78%

50.160

         por telefone

74,46

802

         por carta

1,19%

333

         consulta via Internet

0,49%

2.743

         consultas Cadastrais

4,08%

67.362

 

100%

Confirmando uma tendência que vinha se notando nos anos anteriores, os atendimentos telefônicos foram a mais importante forma de atendimento procurada pelos consumidores, representando 74,46% do total dos atendimentos do ano.

O site do órgão na Internet foi disponibilizado a consulta a partir de 01/12/97. Até 31/12/98, 5.300 pessoas já tinham-no consultado.As consultas via e-mail, serviço colocado à disposição dos consumidores desde janeiro de 1998, só passou a ser computado a partir de setembro daquele ano, em função disso é que o número de registros foi de 333. Dessa forma, somente em 1999 é que se poderá verificar sua tendência.

Os órgãos de defesa do consumidor colocam a disposição dos consumidores o Cadastro de Defesa do Consumidor, obrigatório pelo Artigo 44 da Lei nº 8.078/90 - Código de Defesa do Consumidor. Neste Cadastro estão registrados todos os fornecedores cujos processos administrativos foram arquivados em 2 (duas) categorias: RESOLVIDOS e NÃO RESOLVIDOS. Como é uma prestação de serviço constante, a partir de 1998 o órgão passou a computar quantas consultas foram fornecidas . Como não há registros dos atendimentos anteriores, somente em 1.999 é que se poderá fazer uma comparativo de crescimento de uso do serviço. Uma tendência que já havia sido verificada nos anos anteriores.

Recomendar esta página via e-mail: