Logomarca

  • Facebook
  • Twitter
  • RSS
  • Agora é Lei Aplicativo

Regras para Produção de Protetores Solares

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) criou novas regras para a produção e apresentação dos protetores solares, com o objetivoProtetor solar de garantir maior proteção à pele dos usuários.

De acordo com a resolução RDC 30/12, o valor do fator mínimo de proteção solar (FPS), que mede a proteção contra os raios UVB, aumentou de 2 para 6. Já a proteção contra os raios UVA deverá ser de no mínimo, 1/3 do valor do FPS do produto.

A Anvisa atualizou a sua metodologia e aumentou a exigência dos níveis dos testes para comprovar a eficiência dos protetores. Portanto os fabricantes só poderão alegar nas embalagens que o produto é resistente à água ou suor depois de comprovarem essas características nos testes.

Além disso, a partir de agora, os rótulos passarão a conter informações obrigatórias como, por exemplo, sobre a necessidade de reaplicação do produto. Será proibido alegar “100% de proteção” ou “bloqueio total” contra as radiações solares, já que isso é impossível.

O prazo de adequação dos fabricantes as novas normas, que seguem os parâmetros adotados no Mercosul, é de 2 anos.
Recomendar esta página via e-mail: