Logomarca

  • Facebook
  • Twitter
  • RSS
  • Agora é Lei Aplicativo
  • Convite evento Paraná Cidadão

Compras em Supermercados

Economize nas compras em supermercados

Economizar nas compras mensais é um desafio para os consumidores. Diversos fatores contribuem para que nem tudo saia como o planejado. Neste sentindo, o Procon-PR faz algumas recomendações para evitar que o preço final de suas compras ultrapasse o estipulado em seu orçamento.
Supermercado
O consumidor deve ficar atento a algumas táticas utilizadas pelos estabelecimentos para chamar a atenção dos clientes e, consequentemente, fazer com que gastem mais. Uma delas é a maneira como os produtos são expostos. Geralmente , na entrada das lojas são colocadas bancas temáticas relacionadas com a época do ano e seus artigos (produtos para ceia de Natal, ovos de chocolate na Páscoa, material escolar na época de volta às aulas, etc). “Como o carrinho ainda está vazio, o consumidor pode acabar levando produtos que não pretendia comprar inicialmente”, explica a coordenadora do Procon-PR, Claudia Silvano.

Outra tática é dispor nas prateleiras mais altas os produtos que possuem um valor alto, de marcas tradicionais, que pode ser comprado sem que o consumidor possa pesquisar corretamente todas as ofertas. "É bom observar os produtos que melhor atendem à sua necessidade e que são consumidos com regularidade por sua família. Registre o consumo de acordo com a rotina da casa", aconselha Claudia.

Organize-se

Para driblar esses pequenos "truques" de vendas dos supermercados é preciso se programar. Levar a lista de compras é essencial para que o consumidor não compre muito mais do que o necessário. Quando perceber que algum alimento está muito mais caro do que o habitual, faça substituições. “O feijão, por exemplo, pode ser substituído pela ervilha em algumas ocasiões e o arroz também pode ser trocado por algumas massas e alimentos congelados, se estiverem mais em conta”, orienta Claudia. Observe abaixo outras dicas que vão ajudar a economizar no supermercado.

- Evite levar as crianças, pois elas influenciam na compra dos pais, principalmente nos produtos que têm publicidade focada no público infantil;

- Não vá com pressa ao supermercado. Tempo e disposição são essenciais para que você possa comparar os preços corretamente;

- Consumir produtos de marcas próprias de supermercados também é uma boa opção. Eles costumam ser mais baratos;

- Leve uma calculadora. Ela é muito útil para saber o preço unitário dos produtos, a exemplo de pacotes fechados de papel higiênico. (Lembre-se de que nem sempre o maior é o mais econômico);

- Evite comprar tudo no mesmo lugar, sobretudo em dias de promoção, pois os supermercados podem compensar os descontos aumentando o preço de outros produtos que não estão em oferta;

- Fique muito atento no momento em que for efetuar o pagamento com o registro de preço dos produtos - é comum a presença de preço diferente do que está indicado na prateleira;

- Anote os preços dos produtos de sua preferência por um período ou guarde o cupom fiscal por um tempo, para ter referência da variação do preço;

- Evite o desperdício. Pondere se há mesmo a necessidade de comprar uma grande quantidade de determinado produto apenas porque está em promoção. Frequentemente, alguns produtos entram em oferta pois estão perto da data de vencimento;

- Não vá com fome ao supermercado, pois as chances de você colocar no carrinho alimentos de consumo rápido e muitas vezes desnecessários é grande.
Recomendar esta página via e-mail: