Logomarca

  • Facebook
  • Twitter
  • RSS
  • Agora é Lei Aplicativo
  • Convite evento Paraná Cidadão

Brinquedos exigem atenção

 
Não compre brinquedos sem o selo do Inmetro.

É muito importante escolher um brinquedo compatível com a idade da criança Brinquedose verificar a sua durabilidade, segurança e qualidade, observando se ele apresenta o selo do Inmetro (que indica que o produto foi fabricado com as normas técnicas em vigor), e se condiz com o que é apresentado nos anúncios.

Não se deve esquecer da pesquisa de preços, pois existem diferenças, bem significativas, para um mesmo produto entre os estabelecimentos. Além disso, na hora da compra, é preciso pedir sempre a nota fiscal, que é o comprovante válido da aquisição, da garantia e necessário para eventuais reclamações.

O consumidor não deve comprometer seu orçamento na compra dos brinquedos e precisa verificar o prazo e as condições de pagamento, certificando-se dos juros cobrados no crediário e do preço final do produto.
Verificar a qualidade do brinquedo e conferir o que foi mostrado na publicidade. O que está escrito num folheto, anúncio ou qualquer mensagem publicitária deve ser rigorosamente cumprido, tanto em relação ao preço quanto ao modelo do produto.

Os brinquedos estão sujeitos às exigências do Código de Defesa do Consumidor, e devem trazer todas as informações de forma clara e precisa, inclusive fabricante e importador, tanto na embalagem como no manual de instruções.

No estabelecimento, a decisão não deve ser feita apenas pelo visual do produto, é preciso conferir o conteúdo, funcionamento, composição e acabamento. Brinquedos de origem duvidosa não têm garantia de segurança e qualidade.

Para as crianças pequenas, os brinquedos não devem apresentar peças pequenas, com pontas, arestas cortantes e materiais suspeitos de serem tóxicos.

Recomendar esta página via e-mail: